Definição

Definição de para-suicídio (OMS)- acto de consequências não fatais no qual o indivíduo inicia deliberadamente um comportamento que de lhe causará dano, se não houver intervenção de outrem, ou deliberadamente ingere uma substância em excesso face à habitual prescrição ou uso terapêutico reconhecido, para provocar alterações que o sujeito desejou, apartir de consequências reais ou esperadas. O gesto para-suicídio imita assim o gesto suicida, mas não tem consequências fatais.

Os para-suicidas são mais frequentemente jovens do sexo feminino que utilizam métodos de baixa letalidade (medicamentos, cortes superficiais), mas é da maior importância estarmos atentos a estes comportamentos, que indicam sofrimento psicológico. A sua detecção e encaminhamento pode evitar um gesto suicida fatal.

Nos gestos auto-destrutivos não fatais é essencial verificar a sua gravidade, que pode ser detectada a partir dos seguintes dados:

  •   Método de alta letalidade (enforcamento, arma de fogo)
  •   Premeditação e plano para evitar a descoberta
  •   Sexo masculino
  •   Presença de depressão grave
  •   Tentativas de suicídio anteriores
  •   Suicídios na família.
 
 
Quem Somos
 
Passado e Presente
 
Áreas de Intervenção
 
Actividades do NES
 
Suicídio
 
Para-Suicídio
 
Principais Sinais de Alarme
 
Dados estatísticos - Portugal
 
Dados estatísticos - Europa e Outros Países
 
 
 
XXII Encontro da Adolescência
 
O que é o suicídio?
 
Quais são os sinais de alarme?
 
O que fazer?
 
Contactos
 
Qual a origem das fotografias do site do Nes?
 
 
 
Newsletter
 
Nome
Email